web analytics

Ericeirense: Mário Claro quer reaproximar as pessoas do clube

O Grupo Desportivo União Ericeirense (GDUE) quer reaproximar as pessoas do clube. É esse o grande objetivo da nova direção do clube, eleita há três meses.

 

Mário Claro, desde sempre ligado ao clube, assume agora a presidência de um grupo que já começou a trabalhar. Começou por dar uma “nova cara às suas instalações desportivas, organizar a secretaria”, e promover campanhas para novos sócios.

 

Pelo futebol, o GDUE tem 11 equipas em competição – em todos os escalões – com adultos, jovens e crianças desde os 9 anos. Dá também formação aos mais pequenos, dos 4 aos 8 anos.

 

O caminho passa por substituir o relvado do campo Henrique Tomás Frade “que já tem 15 anos” e construir um novo espaço de treino para os seus cerca de 350 atletas: “Dentro das condições que temos acabamos por fazer ‘milagres’, pois com este número de atletas já precisaríamos de um campo ou um espaço alternativo que era importantíssimo para o desenvolvimento quer dos atletas, da modalidade e do clube”, conta Mário Claro.

 

Para além do futebol, o GDUE tem ainda mais duas secções: de rugby e de patinagem artística às quais a nova direção quer prestar um apoio renovado. Mas está também prevista a criação de novos núcleos: de basquetebol e de futebol de praia: “Era fundamental a Ericeira criar uma equipa até porque temos dois campeões do mundo e da Europa no concelho. A Ericeira tem as condições ideais para a modalidade e será um objetivo para o futuro”.

 

Em Dezembro o GDUE assinala 94 anos de existência.

 


5 de Novembro de 2015
Esta entrada foi publicada em Desporto, Futebol, Modalidades com as tags , , . ligação permanente.



Deixe o seu comentário





Publicidade